CLATE e ISP, juntas diante da Pandemia

01/04/2020

CLATE e ISP, juntas diante da Pandemia

O presidente da CLATE, Julio Fuentes, e o secretario regional da ISP Interamérica, Jocélio Drummond, mantêm um diálogo permanente sobre a crise sanitária que atinge a região e o mundo devido à expansão do COVID-19 e sobre as condições dos trabalhadores e das trabalhadoras da saúde de todas as áreas do Estado que estão trabalhando para combater o virus. Nesse contexto, os dirigentes assinaram uma Declaração conjunta, que vai fazer parte de uma campanha internacional de ambas as entidades, que representam mais de 9 milhões de servidores públicos do continente americano.

“A Internacional de Serviços Públicos Interamérica (ISP) e a Confederação Latino-americana e do Caribe de Trabalhadores Estatais (CLATE) resolvem, de maneira conjunta, somar esforços e se unir em toda a Região diante da crise sanitária que afeta a maioria dos países do mundo devido à pandemia do Covid-19”, afirma a Declaração conjunta.

Julio Fuentes e Jocélio Drummond, representantes da CLATE e da ISP, juntos.

“Ambas as entidades, que representam milhões de trabalhadores e trabalhadoras do setor público da Região e do mundo, unem-se, mais uma vez, em defesa de todos aqueles homens e mulheres que neste momento de crise estão na linha de frente do combate à pandemia, seja nos hospitais ou postos de saúde, como nas ruas realizando a coleta de lixo, distribuindo água, mantendo os serviços elétricos e atendendo as áreas estratégicas do Estado em tempos conturbados e incertos para toda a população”, prossegue.

“Em momentos como estes, a histórica luta dos e das trabalhadoras estatais em defesa das políticas públicas e do papel do Estado como garantidor dos direitos essenciais dos nossos povos se torna mais visível do que nunca. Diante do ajuste neoliberal e das privatizações em massa dos serviços essenciais, os e as trabalhadoras do Estado estivemos nas ruas lutando e defendendo não apenas as nossas condições de trabalho ou os nossos salários, mas também a necessidade de um Estado presente que possa dar respostas em momentos como este. Porque, como dissemos tantas vezes, quem nos salva é o Estado, não os Mercados”.

Nesse contexto, a ISP e a CLATE se unem para exigir dos governos da nossa Região:

  • Todas as medidas necessárias que garantam o isolamento social em todos os países, como única medida para frear o contágio.
  • Ações de difusão e conscientização sobre a importância das medidas sanitárias de isolamento social e de higiene recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelos distintos Governos dos nossos países.
  • Especial atenção e proteção das e dos trabalhadores da saúde e de outros serviços públicos essenciais que nesta etapa realizam um enorme sacrifício humano para enfrentar o brutal avanço deste novo coronavirus.
  • A implementação de normas e resoluções que evitem qualquer tipo de demissão ou suspensão de trabalhadores e trabalhadoras durante esse período de pandemia e isolamento social.
  • A aplicação de todas as ferramentas legais que permitam garantir os serviços básicos essenciais a todas as famílias e suas casas, como água potável, eletricidade, serviços de comunicação, etc.
  • Proteção para todos os trabalhadores e trabalhadoras, tanto do setor público como privado, e especialmente para aqueles que trabalham em condições precárias, que na nossa Região superam 50% da população economicamente ativa.
  • Resposta imediata a todas as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade, como moradores em situação de rua e de extrema pobreza, trabalhadores do setor informal, etc.

Além disso, aos empresários e às câmaras que os representam, as duas entidades solicitam seu maior esforço e compromisso social para garantir a manutenção das fontes de emprego e os salários de todos os seus empregados e empregadas.

Por último, a ISP e a CLATE “enviam uma especial e fraterna saudação a todos os trabalhadores e trabalhadoras da Saúde por seu esforço exemplar, porque neste momento difícil realizam suas tarefas com mais imaginação e compromisso do que com recursos estratégicos. Aos trabalhadores e trabalhadoras do setor público em geral também vai o nosso apoio e agradecimento pelo esforço cotidiano que garante o funcionamento da vida humana em tempos de pandemia”.

Baixe aquí a Declaração da CLATE e da ISP em português, ou aquí a versão em espanhol.

 

627 Vistas