30/08/2015

BRASIL: Sessão Solene no Senado Federal homenageia 57 anos da CSPB

28/08/2015

Conduzida pelo senador Paulo Paim (PT-RS) – autor do requerimento –  a cerimônia iniciou com a convocação dos integrantes da mesa, com a execução do Hino Nacional Brasileiro seguida da exibição de um vídeo institucional contando a trajetória vitoriosa da CSPB em seus 57 anos atividade sindical.

Representantes e diretores da entidade lotaram o Plenário do Senado Federal e ouviram, atentamente, a leitura do documento  em homenagem à Confederação.

Paim discorreu sobre a importante contribuição histórica da CSPB para o movimento sindical, para a elaboração Constituição cidadã de 1988, bem como na relevante participação em momentos decisivos na luta pela retomada e o estabelecimento da democracia no país.

O senador informou que, na esteira da credibilidade e do prestígio alcançados pela CSPB, todos os 81 senadores assinaram o requerimento em favor da realização da Sessão Solene em homenagem à confederação.

Convocado a discursar na tribuna, o presidente da CSPB lembrou que, na atual conjuntura política, o Senado Federal tem sido um anteparo de resistência contra a agenda de característica reacionária que segue fortalecida, sobretudo, nos atuais tempos de austeridade fiscal e de crise. “Em tempos difíceis, esta casa legislativa marca posição como a guardiã dos interesses dos servidores públicos e dos trabalhadores brasileiros. Nós, da CSPB, reconhecemos o relevante papel do Senado Federal na trincheira contra o avanço de pautas conservadoras que, nos dias atuais, miram na redução de direitos trabalhistas e sociais”, alertou Domingos.

No decorrer de seu discurso, João Domingos recordou a relevante trajetória dos fundadores da CSPB na defesa da organização sindical, da democracia, e do fortalecimento do estado brasileiro.

O presidente da CSPB elencou, também, a superação dos maiores desafios da entidade, tanto nos “anos de chumbo” do regime militar, quanto na condução do estado brasileiro pela lógica neoliberal. “Se no passado lutávamos contra as armas da ditadura militar, nos dias atuais nosso maior desafio é garantir uma forte resistência contra as armas políticas e econômicas da ditadura do capital”.

Domingos lembrou, também, a relevante contribuição do senador Paulo Paim na defesa intransigente das pautas trabalhistas junto ao parlamento brasileiro. “A CSPB, em nome de toda a categoria dos servidores públicos, reconhece no senador Paulo Paim o autêntico guardião na defesa dos interesses dos trabalhadores, das minorias e da sociedade brasileira”.

O líder sindical entregou uma placa em reconhecimento aos importantes serviços do senador Paulo Paim no legislativo nacional.

Na continuidade da cerimônia, diversas lideranças da CSPB e de parcela significativa das maiores centrais sindicais do país, revezaram a tribuna para homenagear a entidade e defender a valorização dos serviços públicos por meio da elaboração de instrumentos políticos que resguardem os salários e as condições de trabalho dos servidores.

Em breve, nesta página, acompanhe a íntegra da Sessão Solene no Senado Federal em homenagem aos 57 anos da CSPB.

 
Secom/CSPB

6 Vistas