27/07/2014

BRASIL: MINAS GERAIS: Feserp participa do Seminário de Representação Sindical dos Servidores Públicos

24/07/2014

Uma Mesa de Abertura reuniu, na parte da manhã, representantes das centrais sindicais brasileiras: CGTB (Central Geral dos Trabalhadores do Brasil), CSB, CSP/Conlutas, CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), CUT (Central Única dos Trabalhadores), Força Sindical, Nova Central e UGT (União Geral dos Trabalhadores), coordenadas pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). Em seguida, falou o secretário de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego Manoel Messias Nascimento Melo. Na parte da tarde foram formados grupos de trabalho, a partir de um roteiro de questões, com apresentação de propostas em Plenária.

Queixas – Durante a sua participação no evento, o presidente da Feserp-MG, que também é diretor-financeiro da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil- CSPB, disse que o Governo Federal, de Dilma Rousseff (PT), é ” extremamente” moroso quando se trata de resolver as questões que afligem há anos os funcionários públicos.

“No fim do governo anterior, de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foram feitas várias plenárias estaduais, em várias partes do país, e levantadas as questões que julgávamos urgentes e desde então, por culpa única e exclusiva do Governo Federal, nada avançou”, disse Cosme Nogueira, na Mesa de Abertura do Seminário.“Já passou da hora do Governo Dilma Rousseff atender as nossas justas reivindicações”, completou. Ele pregou a união de todas as centrais sindicais para cobrar das autoridades soluções para as demandas do funcionalismo, entre elas a Aposentadoria Especial, o Direito de Greve e a questão da unicidade sindical.

FOnte: Feserp-Mo

6 Vistas