Conclui reunião do Comitê Executivo da CLATE em Santo Domingo

03/06/2015

Conclui reunião do Comitê Executivo da CLATE em Santo Domingo

Entidades de 12 países participaram do encontro na República Dominicana.

O Comitê Executivo da Confederação Latino-americana e do Caribe de Trabalhadores Estatais (CLATE) se reuniu nos dias 26 e 27 de maio na cidade de Santo Domingo, na República Dominicana. As entidades foram recebidas pelos três sindicatos anfitriões: a União Nacional dos Serviços de Enfermagem (UNASE), dirigida por Rafaela Figuereo, a Federação Nacional dos Trabalhadores e Aposentados do Instituto Dominicano de Previdência Social (FENATRASAL), liderada por Delsi Sosa, e a Confederação Nacional dos Servidores do Estado (CONATE), representada por Josefina Ureña.

Estiveram presentes os seguintes membros do Comitê Executivo: Julio Fuentes, presidente da CLATE, Héctor Méndez, secretario da Presidência, Orlando Batres, presidente da AGEPYM (El Salvador) e secretário de Comunicação da CLATE, Percy Oyola Palomá, presidente da UTRADEC (Colômbia) e secretário de Integração de CLATE, Winston Huamán Henríquez, presidente da CITE (Peru) e secretário executivo da CLATE para a Região Andina, Roland Ignacio, secretário-geral da ABVO (Curaçao) e secretário executivo da CLATE para a Região Caribe, Sergio Arnoud, diretor de Relações Internacionais da CSPB (Brasil) e secretario executivo da CLATE para o Cone Sul.

Também participaram os dirigentes das entidades afiliadas Mario Montes (AGEPYM – El Salvador), Angel Pincheira Aubel (FENAMOP – Chile), Wendy Calmes (ABVO – Curaçao), Elizabeth Osorio (UTRADEC – Colômbia), Narciso Castillo e Cintia Ribas (UNTE-SN – Paraguai), José Antonio Valadez Torres e Armando Sergio González Olvera (SUTEYM – México), Delsi Sosa, Zacarías Toledo García, Modesta Polanco Suero (FENATRASAL – República Dominicana), Josefina Ureña, María Sánchez, Ramón Montero (CONATE – República Dominicana), Oscar Centeno (FENOTRAP – Costa Rica), Nayibe Rozo e Sandra P. Hortua (UTRADEC – Colômbia), Pablo Cabrera (COFE – Uruguai), Josefa Nuñez, Analises Carvajal, Rosa Nin (UNASE – República Dominicana).

Nesta oportunidade, o presidente da CLATE, Julio Fuentes, fez um balanço das atividades protagonizadas pela confederação da última reunião do Comitê Executivo, realizada em novembro de 2014 na Colômbia, até o mês de maio, e apresentou um relatório sobre o avanço do Campus Virtual de formação política da CLATE. Ele se referiu, também, à participação da confederação na 104ª Conferência Internacional do Trabalho da OIT, que acontece em Genebra do dia 1° a 13 de junho. Como é habitual nas reuniões do Comitê Executivo, os representantes das organizações-membro informaram sobre a situação dos trabalhadores do setor público em seus países.

Jornada Continental de Lutas


O centro do debate foi a coordenação da Jornada Continental de Lutas dos servidores públicos convocada pela CLATE para o dia 26 de junho. O diretor de Comunicação da Associação Trabalhadores do Estado (Argentina), Darío Fuentes, entregou a cada entidade as ferramentas necessárias para a difusão e a realização da jornada, como bandeiras, cartazes, stencils, entre outras. “Em todas as capitais da América Latina e do Caribe os servidores públicos vão aderir a esta jornada unificada pela estabilidade, pelo trabalho formal e pela plena vigência da Convenção 151 da OIT”, afirmou Julio Fuentes, de volta à Buenos Aires.

Segundo o presidente da CLATE, a República Dominicana foi o cenário propício para o encontro, porque “no país existe uma luta dos trabalhadores do setor público vinculada à criação da Secretaria da Função Pública e à discussão de novos regulamentos trabalhistas” e “uma luta forte pela estabilidade e pela vigência da Convenção 151”, explicou Fuentes.

Reuniões prévias


Nos dias prévios ao evento, os integrantes do Comitê Executivo da CLATE tiveram reuniões nas sedes dos sindicatos anfitriões e visitaram o Instituto Nacional de Formação Técnico Profissional (INFOTEP) da República Dominicana, um órgão público de condução tripartite, cuja função é capacitar os jovens dominicanos em diversos ofícios para facilitar sua entrada ao mundo do trabalho. Rafaela Figuereo, secretária-geral da UNASE, é uma das representantes dos trabalhadores na diretoria do Instituto.

 

40 Vistas